domingo, 7 de novembro de 2010

How do you become a nation?

Hello, everybody

     Minha semana foi um pouco corrida, devido a limpeza da minha casa depois do Halloween. Mas isso não evitou que tivessem um encontro na minha casa, porém, tivemos poucas pessoas (acho que muita gente estava ocupado com guerras...O.O). Fiquei preparando algo na cozinha enquanto na sala a coisa comia solta, incluindo uma Belarus derramando chá nos outros e quando voltei, Gilbert (que deixa todo o encargo da guerra que ele mesmo provocou pro irmão dele) brigando com Sealand (esse último aí gosta de provocar todo mundo). Lógico que não iria dar outro resultado se não no Sealand machucado. Mesmo sendo eu (estava de bom humor naquele dia), fui fazer um curativo com a ajuda da Liech-chan (que é uma ilustre lady...) e falou que Sealand tinha algumas perguntas para fazer. Fiquei intrigado, mas ela mesma se esforçou para que Sealand não brigasse mais comigo (e vice-versa) e fizesse essa tal lista de perguntas. Claro que topei na hora (aquele negócio de Jerk enche a paciência). Sealand perguntou, daquele seu jeito espontâneo:
     - Como eu me torno uma nação?


     Pensei bem em uma resposta para o garoto, enquanto eu cuidava do seus ferimentos. Pensava que sabia a resposta, mas cada nação se torna uma de um jeito, e acabei enrolando na resposta. Ela originou várias, nas quais tentei responder com sinceridade (esse era realmente eu mesmo???). Falei que primeiro ele tem que estudar, brincar, crescer, para depois pensar nisso. Pressa nas coisas não dão certo. Todos tem seu tempo. (Espero que ele esteja lendo isso).  Não sei porquê não consegui expressar tudo isso.



Eu penso que poderia ter feito a mesma coisa com o Alfred e o Mathew, mas, acho que aquele tempo era diferente. Eu era diferente. Na pressa de crescer, America ficou grande, mas ainda não tem maturidade para certas coisas. Mathew ainda é muito inocente.


Não sei porque eu não consegui falar isso pro Sealand. Acho que cada um tem sua maneira de se tornar uma nação. Muitos tiveram que lutar, outros sofrerem o pão que o diabo amassou, mas cada um tem sua maneira.

     Liech-chan tentou remendar a situação, com a ajuda do Canadá e Iceland (que chegaram logo depois). A Liech-chan costurou uma roupa de rei para o menino enquanto ele ficava quieto no sofá (ele não poderia mover muito o corpo, mas a língua...). Iceland conversava com ele e ofereceu sorvete (que por sorte eu tinha no freezer). Tentaram fazer alguns acordos com ele. Por falar no Canadá, ele estava bem pra baixo naquele dia. Mas espero que ele supere isso (e que o America tenha maturidade para isso também >.<). Mas não deixei de pensar, depois que eles foram embora, do que eu poderia ter falado para Sealand. Muitos de nós não tivemos tempo para brincar ou se divertir, como ele tem. Só espero que ele entenda isso e espere o seu tempo para se tornar uma nação.
 

      Agora, mudando completamente o assunto, tenho o resultado do Concurso de Rei e Rainha do Halloween.  O Rei do Halloween deste ano é: O Pequeno Homem-Bomba Sealand e a Rainha do Halloween é: A Pasta Ambulante e Feliz Feliciano. A todos os parabéns, sei que todo mundo se esforçou. Aos vencedores, amanhã estarei enviando via correio os presentes de vocês. Respectivamente, o livro: "Sonho de uma noite de verão" de Shakespeare para Sealand e "Orgulho e Preconceito" de Jane Austen para Feliciano. (Juntamente com uma caixa de scones para cada um *_______________*). Espero que gostem dos prêmios.
     Agora, para resfrescar a cabeça, decidi passear por Londres.

See you soon, everybody


Recados:

Elizaveta: Gilbert já pegou os espelhos de volta. (Ainda bem =.=) Vou fazer uma investigação minuciosa para ver se não encontro mais surpresas por aqui (*lembrando dos episódios do Balrog, Aslam, Comensais da Morte, Buracos de Espelho, etc).
Sealand: Melhoras (mesmo que depois venha me chamar de Jerk novamente *facepalm). E para com aquele negócio de arrecadação, é humilhante até para não-nações e se eu pai descobrir não vai gostar.(E não vou ter culpa nisso!).
Canadá e America: Se resolvam logo e juízo (errr...acho que estou pedindo demais???).

[Off: espero que eu não tenha descaracterizado England neste post e espero que tenham curtido os vencedores do concurso...hehehehe. Desculpem por qualquer erro de português e inglês e desconsiderem erros de enredo, se tiver, ok]

7 comentários:

  1. GANHEI HAHAHAHAHA
    GANHEI AEAEAEAEAE DESU YO
    e o prêmio é... um livro? o_õ ah.. livro.... ok.. obrigado º-º
    e obrigado por tentar responder minha pergunta, jerk! Vou fingir que foi útil desu yo!

    ResponderExcluir
  2. Oh, parabéns Ita-chan e Sea-kun!
    Foi bem merecido essa vitória. \o\
    Espero que o Sea-kun tenha aprendido algumas coisas com você, inglês sobrancelhudo. :~

    ResponderExcluir
  3. O Sealand é um pirralho mesmo,não consegue nem cumprir o prometido.

    ResponderExcluir
  4. Parabéns ao Sealand e ao Feli! Adorei as fantasias dos dois. *----*

    E boa sorte na investigação, Arthur. Espero que consiga achar e evitar mais surpresas que nem aquela. ><

    ResponderExcluir
  5. Parabéns aos ganhadores.
    Algumas perguntas são mesmo difíceis de se responderem, mas a sua resposta foi boa!

    ResponderExcluir
  6. Parabéns aos ganhedores >_>~~ *Queria West e Feli*

    Mas não adianta falar com o Sea, ele é a teimosia em criança (?)

    ResponderExcluir