domingo, 14 de novembro de 2010

Giving gifts...

Hello, people...


     Estou meio desaparecido do blog (e do chat) devido a alguns problemas de percurso, mas resolvi não deixar passar em branco as datas especiais. Primeiro, para o aniversariante do dia 11 de novembro, Polônia. Espero que goste dos presentes.
     Primeiro, um conjunto de necessaries cor de rosa para vc se divertir.





   
     E um filme que talvez vc goste. "Minha vida em cor de rosa" foi Francis que me indicou para comprá-lo  para vc (não sei porquê?! O.o Errr...peraê, eu aceitando sugestões do Francis? Acho que tenho que ir ao médico). Talvez vc se identifique com o garoto do filme.



     E agora para os noivos Tino e Berwald, um jogo de chá inglês. Procurei algo bem elegante, que é a cara de vcs. Espero que gostem.






     E eu procurando o presente para os noivos, olha o que encontrei de interessante...

    
     Comprei para colecionar. (não resisti *face champz) Acho que muitos vão ficar com inveja. E acho que as garotas não vão gostar muito. O.O E já que estamos falando de chá, vai um pouco de cultura para todo mundo...[Off: fonte - http://www.jardimdocha.com.br/historiadocha.html]


História do Chá


Quando tudo começou
A história do chá remota da velha China que segundo reza a lenda, teria sido o imperador Shen Nung que certo dia parou na sombra de um arbusto para descansar de uma longa caminhada pelo seu império, e ao ferver água para beber (equivalente a destilá-la para evitar doenças) uma brisa fez cair uma folha do arbusto dentro do recipiente. Ao beber, deliciou-se com o líquido dourado, achando a mistura muito refrescante e revitalizante. Por volta de 2750 aC foram descobertas as primeiras propriedades medicinais da planta, a Camellia Sinensis. (Por quê as coisas sempre começam com o Yao?)

A chegada ao Japão
Já sua chegada ao Japão é bem mais tardia. No início do século IX, monges budistas partiram da China em direção ao outro país, levando a tiracolo sementes da Camellia Sinensis. Esse intercâmbio despretensioso foi responsável pela introdução da cultura do chá em solo nipônico. O exemplar verde conquistou o paladar dos japoneses, infiltrando-se definitivamente em sua cultura.

Por volta do ano 800, o chá tornara-se a bebida nacional e marcaria profundamente a cultura japonesa, sobretudo a partir do século XV. No Japão, o ritual do chá ganhou forma quase religiosa. Inspirados na atitude contemplativa do budismo zen, na formalidade do xintoísmo autóctone e nos seus valores estéticos, os japoneses criaram no século XVI, adjacentes as suas moradas, as casas de chá. (Nihon também não vive sem o chá dele...)

A chegada ao ocidente
Os primeiros europeus a contactar o chá foram os portugueses, que chegaram ao Japão por volta de 1560. Anos mais tarde foi redescoberto pelos ingleses nas suas colonias indianas.

Em 1662, a princesa portuguesa Catarina chegou a Londres resfriada e pediu uma bebida quente. Mas na corte inglesa, o chá ainda não era conhecido. As damas de companhia de Catarina ensinaram como se preparava um chá, com ervas que trouxeram na bagagem. Assim como levaram a receita da geléia de laranja. (Realmente, Portugal conheceu antes e ainda bem que passou para mim a receita...)

A história da tradição do chá na Inglaterra é contada dessa forma por várias fontes, que atribuem também a Catarina a substituição dos pratos e canecas de metal, usados pela nobreza inglesa.

O mercado do chá
Portugal teve duas primazias em relação à introdução do chá na Europa. A da introdução do consumo de chá e a introdução, em 1750, do cultivo do chá. Foram produzidos na Ilha de São Miguel e em zonas de micro-clima como Porto Formoso e Capelas os primeiros 10 kg de chá preto e 8 kg de chá verde.

Em 1773 foi criada pelos britânicos a a Lei do Chá. Ela aumentou consideravelmente a aquisição de impostos sobre a comercialização do chá, que era muito consumido nas colônias. Também foi instituída a exclusividade de sua venda (o monopólio comercial) à Companhia das Índias Orientais. (E essa lei me deu uma baita dor de cabeça...)

A cultura ocidental do chá Em meados de 1830, o tão tradicional Chá das Cinco foi criado no Reino Unido pela Duquesa de Bedford, época em que aristocracia não dispensava mais esse chique hábito. Logo foram criadas regras de etiqueta para o serviço de chá e receitas que fariam parte do cardápio, como torradas com manteiga, geléias, muffins e bolos. (Hehehe, eu sempre inovo em alguma coisa...)

Em 1934 a indústria do chá foi fundada na Índia pelo governador geral Lord William Henry Cavendish Bentinck, que nomeou um comitê para formular um plano de cultivo da planta, embora no norte da Índia já se cultivasse uma variedade nativa.

A partir de então o chá é cada vez mais consumido em todos os lares do mundo.*________________*

     Ah, e por fim, queria lançar o Festival de Legendas. As regras são simples: vou postar uma foto a cada quinze dias e vocês terão que inventar as legendas para ela. Pode colocar nos posts de respostas. Quando eu for lançar a outra foto, coloco a coletânia de todas as legendas que o pessoal me mandou. Não terá prêmios, será uma brincadeira mais por diversão mesmo. Se vcs quiserem eleger a melhor legenda, só me oferecendo o brinde que será o prêmio do ganhador, aí é questão de vcs. Não se preocupem, terão fotos "meu passado me condena" de todo mundo. Inclusive minhas. E a foto desta semana é...







     Err...agora vou tomar meu chá que já está tarde.



     See you soon, guys!

[Off: Como vcs perceberam, estou participando menos, mas devido a problemas familiares - meu avô faleceu - então, me perdoem a falta de tempo e inspiração para participar mais dos blogs e do chat. Criei o Festival de Legendas justamente para animar a coisa, qualquer dúvida, podem deixar recado até no msn. Talvez não seja algo que o Iggy promova, então ignorem...O.o. E desculpem por não participar da competição do bolo de casamento, sei que era algo que o Iggy gostaria de particpar.]

10 comentários:

  1. Conjunto de chá... interessante >.>'
    Lembro de quando Wang-san me deu aquela primeira xícara de chá para experimentar.

    ResponderExcluir
  2. Waa, que presentes bonitinhos os seus, Arthur! Achei interessante o nome do filme, vou procurar para ver.
    Interessante o desenrolar da história do chá. Não imaginava que o Portugal tinha descoberto isso antes de você!

    ResponderExcluir
  3. Poland: Eu acho que tipo,vou usar cada necessarie um dia,e eu tipo,achei o filme totalmente fabuloso.

    ResponderExcluir
  4. Esse concurso parece legal =D Vou participar o3o (porque um herói não poderia ficar de fora \o/)

    [off: sem problemas. Meus pêsames.]

    ResponderExcluir
  5. É para falar no post a legenda e não aqui? ._.
    Oh, chá é tão...sem graça. o3o jeje

    ResponderExcluir
  6. [Off: sobre o Festival de legendas, pode postar nas respostas mesmo ou no post de vcs se preferirem, que depois faço uma coletânea de todos]

    ResponderExcluir
  7. obrigada pelos presente, Arthur! moi moi :3

    ResponderExcluir
  8. Ok! Minha legenda então é: "Todos do Bad Trio amam o pintão do Gilbo!" 8D

    ResponderExcluir
  9. Nossa, Que conjunto de chá >_>'

    Não me sirva nisso se um dia for para sua casa e.e'

    Quanto a legenda: Ah...esse foi dia que TonTon tentou ser awesome imitando minhas orelhas de coelho, mas só encontrou dois paninhos rosas :)

    ResponderExcluir